Redes Sociais

Nosso Whatsapp

 

Encontre o que deseja

NO AR

RS Acontece

    Coluna Opinião - Flavio Medeiros

Alto índice de rejeição muda planos de reeleição do Prefeito Ivo

Atual governo tem 80%de rejeição segundo pesquisas.

Publicada em 30/09/19 as 14:21h por Coluna Opinião - Flavio Medeiros
Compartilhe
   
Link da Notícia:
Atual governo tem 80%de rejeição segundo pesquisas.  (Foto: )


O Governo Ivo tem registrada a maior rejeição da história política de Camaquã, cuja gestão está sendo marcada por tropeços, equívocos e escândalos. Ivo já avalia a possibilidade de recuar de uma eventual candidatura para reeleição, porém ventila possíveis nomes, que em sua visão, possam representar o governo na tentativa de garantir a continuidade do governo na próxima gestão.

Na semana passada o Chefe do Poder Executivo Municipal, Ivo de Lima Ferreira anunciou três nomes que compõem seu governo para representar o PSDB na disputa eleitoral de 2020, apresentando os nomes de Luciano Pereira Dias, atual Secretário de Saúde, Eva Rosi Bueno, atual Secretária da Educação e Marcos Maranata, atual Secretário da Administração.

No início do governo, Ivo apostava em popularizar Mário Garcia para uma eventual candidatura a vice, já que o mesmo seria seu companheiro de chapa em 2016, plano frustrado devido a irregularidades de documentos do PV (Partido Verde), cuja filiação de Garcia e de outros filiados não havia sido homologada, já que o partido estava em situação irregular. Mário foi conduzido a função de assessor de imprensa no início do governo e depois guindado à Secretaria de Cultura, Turismo, Desposto, Lazer e Juventude, como não decolou na função, o Prefeito alterou os planos. Outro nome da preferência de Ivo, era o de Gilberto Wiatroswki, porém recentemente, o Secretário pediu exoneração, deixando de integrar o grupo.

Os nomes ventilados não possuem bagagem política e tão pouco popularidade junto a população. As cogitações feitas pelo Prefeito Municipal, embora que extra-oficiais, podem desencadear uma crise interna no PSDB já que o vice-Prefeito, Jair Martins não faz parte da lista e a recente aquisição do popular ex-Vereador Neco vindo do PTB não é o preferido do Prefeito.


Enquanto isto partidos de oposição caminham em busca da construção de um novo projeto político para Camaqua podendo reunir no mesmo palanque PDT, PTB, PSB, Progressistas, Republicanos dentre outros.



Nosso Whatsapp

 

Visitas: 1798189 | Usuários Online: 76

Copyright © 2019 - Grupo Art Mídia Comunicação - Todos os direitos reservados