Redes Sociais

Nosso Whatsapp

 

Encontre o que deseja

NO AR

Os Sucessos da Cidade

    Destaques

Mulher morre após ser atacada por seis pitbulls em São Paulo

Publicada em 24/07/21 as 18:16h por Metrópoles e G1 Rio Preto e Araçatuba
Compartilhe
   
Link da Notícia:
 (Foto: Arquivo Pessoal)
Na madrugada desta quinta-feira (22/7), uma mulher morreu ao ser atacada por seis cães da raça pit-bull, em uma chácara na zona rural de Birigui (SP). Marli Donegá Tizura, de 53 anos, foi ao local para se encontrar com o namorado, de 59, que é caseiro no local.

De acordo com informações iniciais, os dois voltavam de um encontro e se dirigiram até o imóvel, como faziam aos fins de semana. Os animais, do proprietário da chácara, estavam soltos e avançaram sobre a mulher. Na tentativa de ajudá-la, o caseiro também foi mordido.

O Corpo de Bombeiros foi acionado mas, ao chegar no local, Marli já estava sem vida. O namorado foi encaminhado para o Pronto-Socorro Municipal com múltiplas lesões. Ele segue internado, em estado estável, segundo nota do hospital.

O incidente foi registrado como “morte suspeita” e segue sendo investigado. De acordo com reportagem do UOL, um policial militar afirmou que os animais seguem sob os cuidados do dono, exceto em caso de ordem judicial para recolhimento dos animais.

Marli foi sepultada no fim da tarde desta quinta-feira (22/7) e deixa três filhos.

ATUALIZAÇÃO 
De acordo com o delegado Nilton Marinho, a vítima, o namorado e um colega saíram para irem até uma pizzaria. Os cachorros foram soltos antes dos três deixarem a chácara.

Em seguida, o casal retornou em um carro para a propriedade, momento em que Marli foi atacada por três pitbulls adultos e três filhotes.

“O colega do casal resolveu voltar a pé. Ele disse que a Marli estava levando para a casa uma caixa com pizza. Então, o que pode ter acontecido é que na hora que a ela desceu do carro com a caixa de pizza, os cães avançaram com o objetivo de comer essa pizza, talvez pelo cheiro. É uma hipótese, porque ele falou que encontrou essa caixa toda rasgada lá no chão", disse o delegado.

Ainda segundo Nilton Marinho, o namorado da costureira tentou afastar os cães, mas também acabou sendo atacado. Mesmo ferido, ele conseguiu fugir para dentro do imóvel e pedir ajuda antes de ficar desacordado.

“Os cães costumavam ficar soltos. Só quando chegava alguém que não era do local que eles eram presos. A Marli já tinha um certo contato. Então, os cães já estavam, de certa forma, familiarizados. Os cachorros são muito bem alimentados e tratados. Inclusive, eles tinham sido alimentos”, explicou.

Depois do ataque acontecer, o caseiro ligou para o dono da chácara. O homem foi à propriedade, sem saber o que tinha acontecido, e encontrou Marli morta e o funcionário ferido.



Nosso Whatsapp

 

Visitas: 2188097 | Usuários Online: 161

Copyright © 2019 - Grupo Art Mídia Comunicação - Todos os direitos reservados