Redes Sociais

Nosso Whatsapp

 

Encontre o que deseja

NO AR

Repórter Brasil

    Destaques

Ministério Público denuncia advogados que utilizavam atestados médicos falsos para libertar presos no RS

Publicada em 25/07/20 as 19:37h por Redação O Sul
Compartilhe
   
Link da Notícia:
 (Foto: Divulgação)

O MP (Ministério Público) denunciou 17 pessoas, entre elas cinco advogados, por uso de documentos falsos para libertar detentos em meio à pandemia de coronavírus no Rio Grande do Sul.

As denúncias, oferecidas à 1ª Vara Criminal da Comarca de Gravataí, são resultados das investigações realizadas pela Operação Circulum, que teve como ponto de partida a constatação de que atestados médicos falsos haviam sido anexados a processos criminais por advogados.

Um dos advogados denunciados pelo MP utilizou diversos documentos falsos em várias comarcas do Estado e possuía, armazenado em seus e-mails, um espelho de atestado com a assinatura falsificada de um médico.

O MP concluiu que as condutas dos advogados investigados distinguiram-se em três situações: aqueles que tinham participação direta na obtenção de laudos falsos; aqueles que concordaram em utilizar laudos falsos em seus processos, cientes da falsidade; e aqueles que, mesmo percebendo que os laudos médicos possuíam indícios de falsidade, utilizaram os documentos falsos em seus pedidos.




Nosso Whatsapp

 

Visitas: 1797953 | Usuários Online: 52

Copyright © 2019 - Grupo Art Mídia Comunicação - Todos os direitos reservados