Redes Sociais

Encontre o que deseja

    Esporte

Fora de casa, Grêmio vence o Náutico por 3 a 0 e confirma retorno à Série A do Campeonato Brasileiro

Com os resultados da rodada, o Tricolor garantiu matematicamente seu acesso, mesmo que ainda tenha os confrontos contra Tombense e Brusque

Publicada em 24/10/2022 as 08:35h por Redação O Sul
Compartilhe
   
Link da Notícia:
 (Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

Após um ano de muita luta e tensão, o Grêmio garantiu o retorno à elite do futebol brasileiro ao vencer o Náutico, neste domingo (23), por 3 a 0, no estádio dos Aflitos, em Recife (PE). Quis o destino que o Tricolor definisse sua ida para a Série A do Brasileirão no mesmo local em que confirmou o acesso em 2005. O próximo desafio do clube gaúcho será diante do Tombense, na sexta-feira (28).

 

Os gols foram marcados por Bitello (2x) e Lucas Leiva, que também estava presente no Estádio dos Aflitos há 17 anos, quando o Tricolor também voltou à Série A superando o Náutico. Com os resultados da rodada, o Tricolor garantiu matematicamente seu acesso, mesmo que ainda tenha os confrontos contra Tombense e Brusque pela frente.

 

Primeiro tempo

 

A primeira chance da partida foi dos donos da casa. Em chegada pelo lado esquerdo, o meia Ralph tentou um passe rasteiro em meio à zaga gremista. A bola foi rechaçada pelo lateral Leonardo Gomes, mas voltou para o jogador do Timbu, que arriscou em diagonal ao gol de Brenno. O goleiro gremista chegou a tocar na bola antes de sair pela linha de fundo.

 

Aos 26 minutos, o Grêmio abriu o placar nos Aflitos. Em lançamento para o interior da grande área do Timbu, o centroavante Diego Souza fez o pivô e escorou de cabeça para Leonardo Gomes chegar finalizando de primeira. O goleiro Bruno Lopes salvou, mas a bola se ofereceu para Bitello, que chegou chutando para marcar o gol gremista nos Aflitos! Um a zero para o Grêmio e um passo para a Série A de 2023!

 

Segundo tempo

 

Com a vitória parcial, o Grêmio iniciou o segundo tempo sem pressionar muito a saída de bola do adversário. Por outro lado, o Náutico também não conseguiu oferecer muitos problemas à zaga gremista.

 

A tranquilidade do time gaúcho veio com uma figurinha carimbada na Batalha dos Aflitos, há 17 anos. Depois de belo passe de Bitello por entre os zagueiros pernambucanos, o volante Lucas Leiva finalizou forte, na saída do goleiro Bruno Lopes, para anotar o segundo gol do Tricolor. Dentro de campo, o árbitro auxiliar marcou impedimento do camisa 15 gremista, mas o árbitro confirmou o gol após consulta no VAR. Dois a zero para o Grêmio.

 

Na sequência, foi a vez de Bitello marcar mais um gol na partida. E foi muito parecido com aquele que movimentou o marcador pela primeira vez nos Aflitos. Sozinho pela esquerda, o atacante Guilherme driblou seu marcador e finalizou cruzado de perna direita. O goleiro pernambucano espalmou pra frente, onde estava chegando o meia Bitello, que só teve o trabalho de aparar a bola para o fundo das redes. Grêmio 3 a 0 e vaga para a Série A de 2023 garantida.

 

O técnico Renato Portaluppi ainda promoveu as entradas de Elkeson, Thiago Santos e Lucas Silva nos lugares de Lucas Leiva, Kannemann e Bitello, respectivamente.

 

Aos 32, o Náutico tentou diminuir a diferença no placar após cabeceio do zagueiro João Paulo. Aos 45 minutos, o árbitro da partida encerrou o papo e, dessa forma, consolidando o retorno do Grêmio à Série A de 2023!

 

Com a vitória e a garantia do acesso à Série A 2023, o Grêmio deve retornar a Porto Alegre na terça-feira (25), e os jogadores titulares e alguns reservas devem ganhar férias antecipadas. Os dois últimos confrontos serão disputados pelo time de transição.

 

As atenções do clube neste final de ano passam para o processo eleitoral que escolherá o novo presidente, que substituirá Romildo Bolzan Júnior no comando do Grêmio.

 

Ficha técnica

 

Náutico: Bruno; Anilson, Arthur e João Paulo; Victor Ferraz (João Vitor), Djavan (Mateus Cocão), Ralph (Souza) e Lucas; Éverton Brito (Pedro Vitor), Júlio (Vitor Franco) e Geuvânio. Técnico: Dado Cavalcanti

 

Grêmio: Brenno; Leonardo, Geromel (Bruno Alves), Kannemann (Thiago Santos) e Diogo Barbosa; Lucas Leiva (Lucas Silva), Villasanti e Bitello (Elkeson); Guilherme, Thaciano (Campaz), e Diego Souza; Técnico: Renato Portaluppi

 

Arbitragem: Jefferson Ferreira de Moraes (GO), auxiliado por Cristhian Passos Sorence (GO) e Hugo Savio Xavier Correa (GO). VAR (árbitro de vídeo): Elmo Alves Resende Cunha (GO)

 

 




Nosso Whatsapp

 

Visitas: 3296094 | Usuários Online: 23

Copyright © 2019 - Grupo Art Mídia Comunicação - Todos os direitos reservados