Redes Sociais

Nosso Whatsapp

 

Encontre o que deseja

NO AR

RS Acontece

    Mundo

Mulher acusa filha adotiva de 10 anos de ser uma anã psicopata de 22 anos que a tentou matar

Publicada em 26/09/19 as 23:10h por Rádio Cidade Camaquã
Compartilhe
   
Link da Notícia:

Recentemente um caso curioso e muito semelhante com a trama do filme de terror "A Órfã" vem ganhando as atenções nos Estados Unidos, isso porque um casal foi processado por negligência após ter abandonado a filha adotiva em um apartamento nos Estados Unidos e fugindo, posteriormente, para o Canadá. Porém, a menina que fingia ter 09 anos de idade, na verdade, era uma mulher adulta que tentou matá-los. É isso que afirma os pais adotivos de Natalia Grace, Kristine e Michael Barnett. 


O caso ocorreu em 2013, mas só veio à tona agora, quando o casal foi processado pela Justiça Americana. Segundo a mãe adotiva, a suspeita começou depois da adoção, quando Kristine descobriu que Natalia menstruava, tinha dentes adultos e pelos pubianos, apesar de ter apenas 06 anos de idade, na época. Preocupados, os pais submeteram a criança a diversos exames médicos que constataram que a garotinha possuía estrutura óssea de uma pessoa de pelo menos 14 anos de idade, além da menina sofrer de problemas psicológicos. 


O casal relatou para a TV DailyMail que pretendiam ainda assim cuidar de Natalia, mas como uma adulta. Já haviam começado a comprar roupas mais apropriadas para a menina, mas perceberam que o seu comportamento passou a mudar. Em 2012 a jovem foi internada em uma unidade psiquiátrica após ser acusada de jogar a mãe em uma cerca elétrica. 


A família entrou na justiça para corrigir a idade real de Natalia, após constatarem que a data de nascimento da menina estava errada, para que assim ela pudesse receber tratamento psiquiátrico adequado como adulta. Eles sustentaram que a Juíza aceitou o pedido e mudou seu ano de nascimento para 1989. 


Após ser ameaçada pela garota, Kristine disse que foi obrigada a esconder facas e objetos afiados de Natalia. "Ela escondia facas em nossos sofás, dizia que ia matar todos nós. Chegou uma vez colocar água sanitária em meu café, ela pulava do carro em movimento, sujava os espelhos com sangue, ficava de pé no meio do quarto e dizia que estava esperando o momento certo". 


Segundo Kristine "a imprensa está me pintando como uma abusadora de crianças, mas não há nenhuma criança aqui. Natalia é uma mulher, ela nunca cresceu nem um centímetro, o que aconteceria mesmo se ela fosse uma criança com nanismo, completou". Os Médicos confirmaram que Natalia sofre de uma forma rara de nanismo, o que significa que não chega a ter um metro de altura e problemas em andar. 


Os Barnett foram presos em Setembro de 2019, acusados de negligência por terem abandonado uma "criança de 10 anos" sozinha em casa. Depois de pagarem fiança, eles aguardam o julgamento em casa. O paradeiro de Natalia é desconhecido.


Versões Conflitantes 


Mas a versão da história contada por Kristine, mãe adotiva de Natalia não fecha tão bem, pois documentos judiciais citam dois relatórios médicos que indicavam que Natalia tinha oito anos em 2010 e onze anos em 2012. Sendo assim, ela teria dezoito anos atualmente. Ou seja, seria de fato, menor de idade quando foi adotada pela família Barnett. O casal foi liberado pela polícia depois de pagamento de fiança.





Nosso Whatsapp

 

Visitas: 1798012 | Usuários Online: 82

Copyright © 2019 - Grupo Art Mídia Comunicação - Todos os direitos reservados