Redes Sociais

Nosso Whatsapp

 

Encontre o que deseja

NO AR

Acorda Cidade

    Polícia

Sem alimentos, cachorros se comiam em Canoas para sobreviver

Publicada em 30/04/21 as 10:29h por Agência GBC
Compartilhe
   
Link da Notícia:
 (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Denúncias anônimas levaram os policiais da 4ª Delegacia de Polícia de Canoas a prenderem, em flagrante, um idoso de 61 anos morador do bairro Mathias Velho, nesta quinta-feira (29). Ele tem histórico de Transtorno de Acumulação Compulsiva. O mandado de busca e apreensão foi cumprido no bairro Mathias Velho.


Conforme a Polícia Civil, o homem tinha cerca de 20 cães e mantinha eles em condições de maus tratos e sem comida. Além disso, ele está sendo investigado por estuprar os animais. “Não é só crueldade, isso é maus tratos. Todos serão examinados para confirmar estupros. Ele já vinha sendo investigado”, declara a delegada Tatiana Bastos, que coordenou a ação.

Os policiais também receberam um vídeo onde os cães estão se mordendo e se atacando de forma brutal, como se estivessem buscando se alimentar uns dos outros. Uma averiguação prévia no local já tinha constatado que eles viviam em situação precária e sem higiene.

Agora, a investigação vai avançar para apurar mais detalhes da real situação em que os animais viviam. Todos foram resgatados pela Secretaria Extraordinária dos Direitos dos Animais (SEDA).

“A Operação Arca é uma operação especial, porque usa a logística de outras ações da Polícia Civil e a inteligência e permanente porque é ativa ininterruptamente”, afirma o Diretor da 2ª Delegacia de Polícia Regional de Canoas – 2ªDPRM, Delegado Regional Mario Souza. Segundo ele, “o caso é grave pelo estado de fome que os animais chegaram, inclusive com canibalismo segundo as investigações”.



Nosso Whatsapp

 

Visitas: 2167034 | Usuários Online: 81

Copyright © 2019 - Grupo Art Mídia Comunicação - Todos os direitos reservados