Redes Sociais

Nosso Whatsapp

 

Encontre o que deseja

NO AR

Rádio Cidade Camaquã

    Polícia

Vendedor ambulante morre após ser espancado na frente de açougue de Alvorada

Vítima foi agredida por dois homens após reclamar do preço da carne

Publicada em 04/10/2021 as 08:36h por Correio do Povo/Felipe Samuel
Compartilhe
   
Link da Notícia:
 (Foto: Divulgação/Ricardo Giusti)

Dois homens foram presos após espancarem um vendedor de pastéis na noite de sábado, em Alvorada, na Região Metropolitana. A vítima, Wagner de Oliveira Lovato, de 40 anos, teria reclamado do preço da carne e discutido com um funcionário dentro de um açougue. Ao sair do estabelecimento, localizado na avenida Presidente Getúlio Vargas, ele foi agredido, de acordo com a Polícia Civil, a socos e pontapés por dois homens, sendo que um deles é o gerente da loja de carnes. 

 

No início da noite deste domingo, Lovato teve a morte confirmada no Hospital Cristo Redentor, em Porto Alegre. Segundo Taiamanda Lovato, prima da vítima, que acompanhou os primeiros socorros, os médicos informaram que o estado do vendedor ambulante era irreversível mais cedo. “A nossa família está desconcertada, todos estão em estado de choque”, afirmou. Conforme Taiamanda, o primo vende salgados na frente do comércio na região. “Quando ele terminou de vender, entrou no estabelecimento para comprar carne e reclamou dos valores. Em seguida foi agredido”, relatou a prima da vítima. 

 

A violência em frente ao açougue chamou a atenção dos pedestres que passavam pelo local. Vídeos foram postados nas redes sociais, mostrando o fato. De acordo com o delegado Edimar Machado Souza, da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Alvorada, testemunhas relataram que as agressões continuaram mesmo após Lovato cair no chão já inconsciente. “Um dos agressores teria tentado pisar na cabeça da vítima”, disse o delegado, que confirmou o nome dos dois homens. A dupla foi autuada em flagrante.

 

A ocorrência

De acordo com o delegado da DHPP de Alvorada, o gerente da loja estava de folga naquele dia e teria retornado ao açougue para pegar uma chave. No boletim de ocorrência registrado pela Brigada Militar, os policiais relatam que após o ocorrido, o outro agressor foi encontrado dentro do estabelecimento “com as mãos ensanguentadas”. A ocorrência informa ainda que o gerente também estava no interior do açougue. Nesta segunda-feira, de acordo com o delegado Edimar Machado Souza, o proprietário do estabelecimento comercial deverá prestar depoimento. Ele não estava no local na hora em que ocorreu a agressão ao vendedor ambulante. 

 

A Polícia também vai analisar imagens de câmeras de segurança instaladas na avenida, a principal da cidade. “Nesta segunda-feira vou conversar com o proprietário, que está bem assustado”, destacou o delegado da DHPP. O comandante do 24º BPM, tenente-coronel Paulo Eduardo Dutra, também se manifestou sobre o caso. Segundo o oficial, as cenas da agressão são violentas. Lovato era casado, tinha três filhos e uma neta.

 

A Prefeitura de Alvorada se manifestou através de sua assessoria de imprensa. A instituição disse lamentar o ocorrido e afirma se solidarizar com familiares e amigos da vítima.




Nosso Whatsapp

 

Visitas: 2377544 | Usuários Online: 402

Copyright © 2019 - Grupo Art Mídia Comunicação - Todos os direitos reservados