Redes Sociais

Encontre o que deseja

    Política

Câmara de Vereadores de Porto Alegre cancela sessões após briga entre vereadores

Um vereador do PT e outro do PL protagonizaram uma briga no centro da capital

Publicada em 24/10/2022 as 08:32h por Redação O Sul
Compartilhe
   
Link da Notícia:
 (Foto: Reprodução de vídeo)

A Câmara de Vereadores de Porto Alegre cancelou as sessões plenárias desta semana. Os dois encontros do legislativo municipal deveriam acontecer nesta segunda (24) e na quarta (26). Mas, devido ao clima tenso gerado pela véspera do segundo turno das eleições, o presidente da Casa, Idenir Cecchim (MDB), em acordo com a Mesa Diretora do Legislativo, suspenderam as sessões desta semana. O anúncio foi feito neste domingo (23).

 

“Decidimos por cancelar as sessões desta semana, para preservar a integridade dos vereadores, dos funcionários, e da própria Câmara. Temos acompanhado, nos últimos dias, um aumento na tensão que envolve o segundo turno das eleições e entendemos que os embates no plenário poderiam colaborar com esse contexto”, esclarece Cecchim.

 

O pano de fundo para a decisão deste domingo pode ter sido uma briga protagonizada entre dois vereadores da Casa: o deputado estadual eleito Leonel Radde (PT-RS) e o vereador cassado Alexandre Bobadra (PL-RS).

 

Na sexta-feira (21), na Praça 15 de Novembro, Centro Histórico da capital gaúcha, os dois começaram a discutir quando Bobadra abordou Radde por estar supostamente recolhendo material de sua campanha por considerá-lo “ilícito”. A discussão escalou rapidamente e se transformou em agressão entre os políticos e suas equipes.

 

Em vídeo publicado nas redes sociais, Radde declarou que estava recolhendo material de campanha ilegal, que estava sendo distribuído no Centro de Porto Alegre, e que quando estava se retirando do local, o vereador Bobadra o agrediu “covardemente” com socos e puxões. Depois da briga ter se dispersado, os dois seguiram para prestar ocorrência na Polícia Civil.

 

Radde recebeu declarações de apoio do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e da presidente do PT, Gleisi Hoffmann.

 

Policial civil formado em Direito, Leonel Radde se elegeu para o primeiro mandato como vereador de Porto Alegre pelo PT em 2020. Em 2022, concorreu a deputado estadual e foi eleito com 44.300 votos. Seu mandato tem sido autodenominado Antifascista com atuação em pautas como: defesa de políticas para mulheres, população LGBTQI+, população negra, meio ambiente, direitos humanos e combate às redes de ódio.

 

Alexandre Bobadra é policial penal. Foi eleito vereador de Porto Alegre em 2020 com 4.703 votos, pelo PSL. Atualmente no PL, o político foi candidato a deputado estadual, mas não foi eleito. Em 30 de junho de 2022, o vereador teve seu mandato e diplomas cassados pela Justiça Eleitoral do Rio Grande do Sul por ter sido “diretamente beneficiado pela interferência do poder econômico e dos meios de comunicação social”. A decisão aceitou recurso, que permitiu que ele continuasse no mandato.




Nosso Whatsapp

 

Visitas: 3296012 | Usuários Online: 4

Copyright © 2019 - Grupo Art Mídia Comunicação - Todos os direitos reservados